Cachoeira da Prata adere a consórcio de municípios para comprar vacinas contra Covid-19

Cachoeira da Prata aderiu ao consórcio público que será instituído com a finalidade para a aquisição de vacinas, que serão usadas para enfrentamento à pandemia da COVID-19.

O consórcio prevê ainda a aquisição de medicamentos; equipamentos e outros insumos de interesse do município. Clecio Gonçalves vai enviar o projeto para Câmara para ser avaliado na semana que vem. O número de cidades que aderiram equivale a 30,5% dos municípios brasileiros. “ Eu achei por bem aderir para abrir mais uma possibilidade, para haver mais uma frente para imunizar o munícipe de Cachoeira da Prata. Não podemos mais aguardar pela vacinação. Acredito que, como o governo federal está com dificuldades de interlocução com os laboratórios, esta frente de prefeitos, pode ajudar neste diálogo”, diz. Continua Clecio, “Eu não tenho dúvidas que é melhor gastar um pouco mais com a vacinação do que gastar R$ 68 reais por pessoa fazendo o teste de Covid. “Só a a imunização da nossa população vai fazer com que o município e país consiga retomar suas economias”, avalia o prefeito.

Segundo o site da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), mais de 1700 cidades brasileiras manifestaram interesse à adesão ao consorcio público para compra de vacinas. Em Minas Gerais foram 337 municípios que demonstraram interessem em aderir ao consorcio, o que coloca o Estado atrás apenas de São Paulo com 354 municípios interessados .

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Testimonials
Subsribe weekly news

Integer posuere erat a ante venenatis dapibus posuere velit aliquet sites ulla vitae elit libero