MUNICÍPIO

História

Provavelmente o território de Cachoeira da Prata era habitado por indígenas quando os portugueses chegaram ao Brasil, possivelmente a região foi ocupada, até o século XVI, por povos indígenas do tronco linguístico macro-jê.

Cachoeira do Macacos foi o primeiro nome desta cidade, por estar às margens do Ribeirão dos Macacos. Por volta de 1886, com a fundação da Cia. Têxtil Cachoeira do Macacos por João da Mata Teixeira, Jerônimo Francisco França e outros pequenos acionistas, o povoado surgiu e cresceu no entorno da pequena indústria.

Ao longo dos anos, o povoado cresceu em função da indústria e de um de seus filhos mais ilustres: “Dr. Geraldo” – figura carismática e querida por sua história na cidade. “Reza a história que, quando uma moça engravidava no povoado, o pai da moça vinha tomar opinião com Dr. Geraldo”.

Assim como este, tantos outros existem e marcaram o nome de Geraldo Pereira da Rocha na história do município, que nada tinha de Doutor pois era Bacharel em Direito quando foi trazido por Dr. Chrystiano França Guimarães, filho do Cel. Américo Teixeira Guimarães (filho de João da Mata Teixeira – Cap. João da Mata) para assumir a Gerência da Companhia, pelos idos de 1940. Em 30 de Dezembro de 1962, o município emancipa-se de Inhaúma.

Em 01 de Março de 1963 o município é instalado e em 17 de Dezembro de 1975, com uma área territorial de 61 km² teve sua denominação alterada para Cachoeira da Prata após controverso plebiscito (não se sabe ao certo do por quê da troca e quem a teria idealizado).